Limão emagrece? Frutas e verduras ajudam a emagrecer?

por : | 3 Comentários | On : 15 de janeiro de 2015 | Categoria : Dicas e Curiosidades

Limão Emagrece? Verdade ou mentira, quais alimentos ajudam a emagrecer

 

Água morna com limão emagrece? Verdade ou mentira? Descubra o que a alimentação pode fazer pelo seu corpo!

 

Vira e mexe surgem hipóteses sobre os benefícios de frutas e vegetais para a saúde, agora basta saber se é verdade ou não. Água morna com limão em jejum emagrece? E suco com folhas verde-escuras, desintoxica? Além disso, você já ouviu dizer que vegetais congelados perdem os nutrientes? Isso é um mito, ok?
É preciso apenas aprender a descongelar esses alimentos. E, sim, a laranja ajuda na digestão quando consumida após a refeição. Essas e outras afirmações são da nutricionista Paula Souza Borges sobre 6 mitos e verdades dos alimentos.

 

VERDADE: Água morna com limão em jejum emagrece

É verdade sim, beber um copo de água com limão – sem açúcar e morno -, em jejum emagrece. “O limão tem propriedades ricas, uma delas é o chamado d-limoneno, que protege contra os radicais livres (evitando, assim, a oxidação das células). Ou seja, é um antioxidante natural capaz de equilibrar o pH* do nosso corpo e ainda tem função diurética [aumenta o fluxo urinário, eliminando, assim, a concentração de água e sódio – sal – no organismo]”.

A nutricionista afirma que as pessoas que não têm o hábito de tomar água com frequência e, de repente, mudam essa rotina, vão notar os benefícios imediatamente e ver o resultado de que ele emagrece. “Porém, é preciso ponderar algumas situações. Beber um copo de água com limão sem açúcar e morno pela manhã em jejum, por exemplo, emagrece, mas apenas o limão em si não deve ser considerado milagroso, porque, na verdade, o que acontece é que se a pessoa não tem o hábito de tomar água com frequência e, de repente, mudando esse comportamento, ela vai notar alterações positivas e significativas no organismo como um todo. Isso será resultado da nova rotina alimentar, até porque será novidade para o corpo. O mesmo vale para o suco com vegetais”, explica.

Paula esclarece também que o limão não diminui a gordura da refeição. “Apesar de ser muito rico em nutrientes, vitaminas A, Vitamina C e complexo B, o limão não possui a capacidade de diminuir a gordura das carnes, por exemplo. O que o suco da fruta faz é deixar a carne mais macia devido a sua acidez, modificando a natureza das proteínas. O mesmo vale para ingestão de água com limão após as refeições. Não diminui a gordura consumida, o benefício é outro, facilita a digestão pelo seu teor de fibras”, esclarece.

*Potencial hidrogênico é um índice utilizado para medir a acidez, neutralidade ou alcalinidade de um meio qualquer.

 

VERDADE: Alguns alimentos ajudam a “conquistar” um bronzeado

Não parece verdade que os alimentos interferem naquela corzinha que você vai pegar no verão. Mas saiba que eles podem sim ser um dos responsáveis por um belo bronzeado. “Os amarelados e alaranjados, como manga, cenoura, damasco, melão, pêssego, além de alguns vegetais (como brócolis, espinafre e tomate) contêm licopeno, que acelera o bronzeado se estiver presente no nosso metabolismo”, comenta.

O importante é reforçar que a ação desses alimentos para o bronzeado não é imediata. “Ingerir um copo de suco hoje e achar que o resultado vai aparecer no mesmo dia é ilusão. Para dar certo é preciso consumí-los nas refeições de forma contínua, e por pelo menos 30 dias antes de tomar sol. O betacaroteno – outro pigmento presente em frutas e vegetais – auxilia na produção de melanina e faz com que o corpo consiga se bronzear de forma mais eficaz”, explica.

 

VERDADE: Vegetais verde-escuros tem ação detox

Os vegetais verdes, com tonalidades mais escuras têm sim propriedades importantes. Alguns componentes inclusive ajudam a desintoxicar e drenar melhor o corpo, bem como a acelerar o metabolismo, o que facilita no emagrecimento.

“A ingestão desses alimentos deve ser diária para ter efeito. Apesar disso, aconselho acompanhamento médico para começar. Mas, como no caso da água com limão, os benefícios são percebidos justamente porque as pessoas que adotam esse suco na dieta mal consumiam tais alimentos antes. Então, não podemos dizer que é o “poder do suco” especificamente, a verdade devemos considerar também o fato de a pessoa colocar mais nutrientes de qualidade no corpo”, explica a nutricionista Paula.

Assim como é preciso maneirar no consumo de frutas, o mesmo vale para esses sucos. “Uma paciente relatou que começou a tomar suco verde e achou que estava engordando. As pessoas confundem.Tomar muito da bebida não ajuda a emagrecer mais rápido. Encher o copo com uma variedade de vegetais e frutas aumenta a quantidade de calorias também. É para ingerir, no máximo, 300ml”, alerta.

 

MITO: Vegetais congelados perdem os nutrientes

Segundo a nutricionista, quando congelado, o alimento permanece mais próximo do seu estado natural. “O que acontece na verdade é que, no descongelamento feito de forma inadequada, pode ser que alguns nutrientes se percam. É um erro retirar do freezer e levar diretamente ao microondas ou em água quente. É importante fazer o processo de forma gradativa, o que quer dizer tirar do congelador, passar para o refrigerador e, depois, retirar da geladeira e aguardar que desaqueça naturalmente para uso. Esse passo a passo serve para vegetais ou qualquer outro alimento que você precise descongelar. Além disso, com a baixa temperatura durante o congelamento, evita-se que microorganismos invadam e estraguem os alimentos”, ensina.

Outra verdade é que as folhas, se congeladas, não vão ter as mesmas características e apresentação na hora de servir. Por isso, o melhor é mantê-las na parte de baixo da geladeira. Antes, higienize-as, coloque em embalagens individuais e tire o ar do pacotinho – para conservar a temperatura. “No caso da couve, só congele-a se pretende usá-la para fazer suco. Mas se for para fazer uma salada ou um refogado, não indico”.

Abobrinha, chuchu e cenoura podem ser congelados. A dica também vale para aipim e abóbora, caso não faça uso imediato e não queira perder os alimentos. “Processe ou corte em pedaços, embale e congele. Mas se pretende consumi-los em poucos dias, deixe no refrigerador”, aconselha.

 

VERDADE: Laranja auxilia na digestão

“A laranja facilita a digestão, principalmente quando se tem proteína no cardápio. As fibras presentes na fruta, que é cítrica, ajudam no processo digestivo, reduzindo parte da absorção de gorduras e melhorando o funcionamento do intestino”, explica Paula.

No caso da feijoada ou outra refeição mais “pesada”, o abacaxi e o mamão também são outras alternativas de frutas indicadas. “Quem tem dificuldade de consumir vegetais em saladas pode até aumentar o consumo dessas frutas durante ou após as refeições. Porém, o fato de serem saudáveis não as deixam isentas de calorias. Tome cuidado com a quantidade ingerida”, alerta.

 

MITO: Comer frutas pesadas a noite faz mal à saúde

Geralmente ouvimos essa afirmação de nossas mães, que aprenderam isso com nossas avós. Mas a especialista confirma que isso é não é verdade.

“Temos que considerar aqui a individualidade de cada um. Algumas pessoas sentem desconforto se exageram ou comem frutas consideradas pesadas, mas isso na verdade está relacionado ao processo digestivo que, para alguns, é mais lento. Manga, melancia e pepino são os alimentos que podem causar sensação desagradável, mas, como dito, não é uma regra”, pondera.

 

 

Não deixe de conferir essas e outras dicas em nossas Redes Sociais

Sinta-se à vontade para curtir, comentar, compartilhar e nos ajudar com as suas informações e dicas de alimentos que emagrece.
Facebook e Instagram

Fonte: Tempo de Mulher
Foto: Divulgação

Share This Post!

Comentários (3)

  1. Postado por http://mydodge.ge/ on 25 de abril de 2017

    Concordo plenamente e também acrescento que ainda que dificultar a perda de peso, hipotireoidismo não a impede, porque sou um exemplo
    disso, posto que em 3 meses eliminei 11 kg.

  2. Postado por www.Jin.ne.jp on 1 de junho de 2017

    Uma receita light apresenta menos calorias e também/ou gorduras, enquanto comparado com as versões
    tradicionais, por isso, tem a alteração de ingredientes calóricos por opções mas saudáveis.

  3. Postado por dieta da usp original quantidade on 7 de junho de 2017

    Se você não está comendo varias calorias, você é possível que precisar consumir ainda menos calorias.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *